Making Of: Espontâneo (Tutorial Rotoscopia)

Rotoscopia é uma técnica de animação em que se usa a filmagem como referência para criar o movimento, frame por frame.
Essa técnica foi usada em obras famosas como:Branca de Neve e os Sete Anões, A bela adormecida, As Viagens de Gulliver (1939 Fleischer Studios), Super-homem (década de 1940 desenho animado), A Pequena Sereia, A Bela e a Fera, Aladdin, Pocahontas, Atlantis: The Lost Empire, Lilo&Stitch, O Rei Leão, O Homem Duplo e Acordar para a Vida.

Como base para esse tutorial, utilizamos o curta “Espontâneo”, feito por Bruno Dinelli, Caio Bucaretchi, Guilherme Carneiro, Heitor Reis, Samuel Bohn, William Gerbi.

Essas lições irão ensinar como fazer essa técnica digitalmente, usando Adobe AfterEffects e Adobe Photoshop.
1ª etapa: separar os frames.
1. Importe o vídeo para o AfterEffects

2. Crie uma composição

3. Depois disso você necessitará apenas renderizar (importar) essa composição, porém ao invés de importar em formato de vídeo, você escolherá dentro das opções a JPEG Sequence. Salvando nesse formato você conseguirá tirar do vídeo todos seus frames.

4. Em alguns casos, pode-se diminuir a quantidade de frames sem alteraro resultado final.
5. Nesse caso então precisaremos dentro da composição clicar no video desejado, depois ir no menu “Layer” no canto esquerdo superior, lá você vai em Time>>Time Stretch. Abrirá uma nova janela que te possibilitará aumentar ou diminuir a velocidade do video o quanto quiser. Dentro da janela basta você mexer nos parâmetros “StretchFactor” que de início estará indicando 100%. Para aumentar a velocidade do video, o qual é o nosso caso e diminuir a quantidade de frames por segundo, basta diminuir esse 100%. Nesse exemplo colocaremos 50% que reduzirá o tempo do video a metade.
6. Então é só renderiza-lo em JPEG Sequence, como dito anteriormente.

2ª etapa: ilustrar os frames.
1. Abra cerca de 10 frames no Adobe Photoshop. Eles vão ser abertos como imagens em arquivos separados. Copie e cole-os em ordem na primeira imagem, de modo que tenhamos várias layers, cada uma com um frame diferente e em sequência. O ideal é que a primeira layer represente o primeiro frame, a segunda o segundo frame e assim por diante. Isso facilitará muito o processo de animação quando formos salvar as imagens.

2. Crie uma layer em branco por cima de cada frame. Para isso, selecionamos o primeiro frame e vamos em “Create New Layer”, no painel de layers. Como tem muitas layers, é interessante renomear essas novas para 1, 2, 3, na ordem sequencial em que elas se dispõem.

3. No caso de “Espontâneo”, utilizou-se um fundo branco e contornos somente naquilo que se movimentava. Crie uma layer abaixo de todas as outras e a preencha de branco. Feito isso, comece a contornar as formas. Para facilitar a visualização, pegue as layers em que estão os frames e diminua a opacidade geral para cerca de 70%. Desse modo, ficará mais fácil ver o contorno nas layers acima.

4. Selecione agora a layer 1, que representará o primeiro frame da nossa animação final. Com a ferramenta “Brush”, comece a fazer o contorno das formas. No caso, não contorne o cenário, mas se achar necessário, facilita muito o processo criar somente uma layer para ele ao invés de ficar redesenhando ele a cada frame, além de esteticamente mais adequado. Se quiser fazê-lo, pode desenhar o cenário e deixa-lo como a segunda layer da nossa sequência. Por vezes, as formas (corpos em movimento) passarão por cima das formas do cenário, o que dará uma impressão de transparência. Para resolver esse problema, basta pintar esses trechos de intersecção em branco na layer em que estão as formas.

5. Repita esse processo até que tenha feito todos os frames. Para facilitar a visualização de um frame para o outro é também interessante esconder as camadas de animação abaixo da camada em que está trabalhando.

6. O último processo é mais simples, mastambém bastante importante. Comece a salvar os frames. Salve em .JPEG, assim ele comprimirá todas as layers ativas em uma imagem estática. Desse modo, para o primeiro frame deverão ficar visíveis somente a primeira layer, que representa o fundo branco (ou a primeira e a segunda, caso tenha optado por criar um cenário fixo) e a layer de animação. Desse modo, obtém-se para o primeiro frame ativos:

• -Layer de cenário (optativa, no nosso caso)
• -Layer de fundo (Fundo branco)
• -Layer número 1 (Primeiro frame da animação)

Para o segundo frame, teremos somente

• -Layer de cenário
• -Layer de fundo
• -Layer número 2

E assim por diante:
7. Na hora de salvar, outro truque importante é salvar o primeiro frame como “1.jpg”, o segundo como “2.jpg” e assim por diante. Desse modo, o sistema operacional já os organizará em sequência na pasta em que estiverem salvos, o que facilitará muito a nossa vida no processo de edição de vídeo.

—————————————————————–

3ª etapa: edição de animação
1. Utilize o iMovie para fazer a sequência dos frames, (que pode ser feito em qualquer outro editor simples de vídeos, como oMovieMaker). Como as imagens já se encontravam em sequência, bastou importa-las no iMovie e alterar o tempo de transição de um frame para o outro
2. Configure em 0,1 segundos para atingir a fluidez de movimento.
3. Caso faça esta sequência no iMovie, note que, por padrão, ele apresenta um filtro nas imagens estáticas chamado “Ken Burns. Para remover esse filtro, selecionamos todas as nossas imagens, vá nas opções de imagem (que se localiza na parte inferior esquerda da primeira imagem dasequência) e selecione “Recortes, Efeito Ken Burns e Ajustes” e então “Ajustar”. Ainda nas opções de imagem, selecione “Ajustes de Clipe” e lá ajuste o tempo de duração do nosso frame. Como já foi dito, para “Espontâneo” utilizou-se 0,1s.

Vale dizer que essa é apenas uma das formas de se trabalhar com rotoscopia. Você pode tentar inovar e usar esses conceitos para aplicá-los em outras situações. Bom trabalho!

Trabalho executado por
– Bruno Dinelli, Caio Bucaretchi, Guilherme Carneiro, Heitor Cury, Lucas Corrêa, Samuel Bohn.

Anúncios
  1. #1 por recursoscomputacionais em 11/04/2011 - 1:13 pm

    Muito boa a iniciativa de colocar um trabalho autoral.

  2. #2 por Laís em 26/05/2011 - 6:36 pm

    Mandaram muito bem com esse vídeo e com o tuto. Imaginava que tivesse sido feito no Flash, mas agora vejo o trabalho que vocês tiveram, indo um a um…

  3. #3 por Emerson em 16/08/2012 - 8:34 pm

    muito bom, meus parabéns!!

  1. Rotoscopia: de Branca de Neve a Waking Life – Attraversiamo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: